Informática nas feridas

Informática nas feridas

58
COMPARTILHE

O tratamento de feridas é ainda considerado uma área da medicina que engloba algum teor de subjectividade, ora pela análise de quem cuida da pessoa portadora de ferida (com factores de variabilidade associados à experiência, contexto e grau de formação do mesmo), ora pela dificuldade de colheita dos dados referentes à avaliação e tratamento e também pelos sistemas de registo inerentes à prática, que são falíveis, não universais e podendo inclusive a conclusões enviesadas.

Urge objectivar os dados!

A fotografia digital desempenha um papel particular na evolução tecnológica a que assistimos diariamente. No contexto da prática clínica, a possibilidade de a associarmos à avaliação e tratamento de feridas é desde logo, no mínimo apelativa, e nutre os dados colhidos da objectividade necessária a qualquer ramo cientifico que se afirme como tal.

A riqueza dos dados colhidos pela obtenção de uma imagem criará igual valor à avaliação inicial da ferida e subsequentes monitorizações.

O benefício a médio/longo prazo pela análise da base de dados resultante é sem duvida em prol do doente e dos profissionais que o assistem.

Neste seguimento, existe já o exemplo da utilização da telemedicina em Dermatologia, com vantagens clara para o doente, seja pela avaliação não presencial, seja pela possibilidade do contributo multidisciplinar e triagem de situações clínicas de maior ou menor gravidade.

Existem actualmente diversos sistemas de registo de feridas ao nível informático. No entanto, a sua diversidade é tão grande como as exigências específicas de cada realidade, aniquilando a uniformização da base de registos. Na opção disponível de forma transversal (SClinico) está ainda por integrar um método de monitorização com a objectividade necessária ao tratamento de feridas.

Existem no mercado opções que nos comprovam esta possibilidade, em ambiente desktop ou móvel e para todos os sistemas operativos mais correntemente utilizados.

É fundamental conhecermos as diferentes opções disponíveis aos profissionais de saúde para melhor as integrarmos na prática clínica, bem como obter os conhecimentos necessários para a captação, avaliação e partilha das imagens neste âmbito específico.

artigo1 IMG_0005 wound desk5 WoundSmart-screenshot2 cutanet3

APP And iOS Preço Ferida Medida Pros Contras Obs
MOWA X X 5,99€ X X Análise automática do tipo de tecido

Monitorização automática da dimensão através de um padrão circular azul de 25mm

Impossibilidade de identificação manual do tipo de tecido

Decalcação manual da área da ferida

 
Klonk X   G   x Delimitação intuitiva da ferida Não inclui outros dados sobre feridas  
WoundSmart   x 1,78€ x   Dados completos sobre ferida/pessoa com ferida Não efetua medição da ferida  
Partometer X X 3,94€   X Interface facilitadora de uma avaliação rigorosa Não permite delineação livre  
ImageMeter X   G   x Calibração 3D Não calcula perímetro automaticamente  
ImageMeasure x   G     Personalização alargada Interface pouco intuitivo

Não permite delineação livre

 
CutaNet x   G X X Integra medicação da ferida com dados alargados sobre a ferida/pessoa Necessita de instalação manual

Necessita de registo

Avaliação da área pouco funcional

 
Wound Tracker Professional   X 17,92€ X x Análise cromática da lesão Apenas gere medida da ferida

 

 
Plaies et Escarres

 

X   G x        
Registro de Curas y Heridas

 

X   G x   Língua espanhola Não permite tratamento dimensional das fotografias  
Mobile WoundCare

 

x x G x x   Interface intuitiva

Dados alargados

 
+WoundDesk –Wound Care

 

x x G x x      
WoundRight x x G x x   Gratuito apenas para 1 paciente  
               

DEIXE UMA RESPOSTA